Mochilas de Hidratação ou Caramanholas – Qual a melhor opção?

8

Se você vai pedalar por pelo menos 30 minutos ou mais, provavelmente vai precisar se hidratar de alguma maneira. E dependendo para onde estiver indo, pode ser que contar com água ou qualquer outro meio que possa te hidratar no caminho não seja possível. Ou ainda, em alguns casos, como numa corrida, parar para beber algo simplesmente não seja uma opção também.

E como qualquer ciclista deve ter cuidados com a desidratação, descobrir qual é a melhor maneira de como levar água com você é muito importante.

Basicamente, existem duas opções de como carregar água:

– Caramanholas, também conhecidas como Squeezes, ou simplesmente, Garrafas de Água

– Mochilas de Hidratação, que geralmente são térmicas e carregam pelo menos um refil dentro delas

Agora vamos comparar cada uma e descobrir qual é a melhor opção para você.

Caramanholas

A maioria das caramanholas são feitas de plástico e geralmente carregam um pouco mais de meio litro de água. Algumas são maiores, outras menores, mas este é o tamanho mais comum, as quais se encaixam nos suportes que foram feitos para segurá-las.

As vantagens das caramanholas de plástico são muitas:

– Leveza

– Facilidade de Usar

– Baixo Custo

– Fácil de Manter Limpas

Elas também são fáceis de recarregar, assumindo que você tenha uma fonte confiável de água ao longo do caminho a ser percorrido.

Geralmente possuem um bico no topo com uma válvula embutida, o que permite que a maioria dos ciclistas consigam alcançar a caramanhola com uma mão durante a pedalada. Isso é bom para a segurança, mas requer algum esforço para beber um gole.

Entretanto, as caramanholas tem algumas desvantagens:

– Uma vez que a maioria das bicicletas só podem carregar duas garrafas no máximo, um ciclista usando caramanholas só pode levar uma quantidade pequena de água, especialmente considerando o quanto de água é necessário para uma longa jornada como um century ride por exemplo.

– A falta de acessibilidade imediata pode fazer com que o ciclista não beba tanta água com a frequência que devia.

Nos últimos anos, caramanholas térmicas foram introduzidas no mercado, com o propósito de manter a água gelada até quatro vezes mais que as comuns. Entretanto, a contrapartida, é a capacidade reduzida, quase 100 ml a menos.

Mochilas de Hidratação

Nas mochilas de hidratação, que ficam localizadas nas costas do ciclista, uma pequena mangueira com uma válvula em sua ponta passa por cima do ombro oferecendo acesso imediato ao líquido. A marca mais conhecida é a Camelbak, onde até mesmo o nome da fabricante é usado como um nome genérico para descrever mochilas de hidratação.

Existem muitas vantagens para as mochilas de hidratação:

– Grande capacidade (1,5 a 3 litros) pode abastecer o ciclista em longas pedaladas.

– A mangueira com uma válvula fornece acesso imediato à hidratação, encorajando o ciclista a beber com mais frequência.

– A mochila possui bolsos de armazenamento adicionais para comida, ferramentas e itens pessoais. Pode ser raro não ter seu valor em poder carregar nutrição suficiente numa pedalada.

As desvantagens das mochilas de hidratação são:

– Mochilas de hidratação são caras quando comparadas à uma caramanhola de plástico.

– Carregar uma mochila de hidratação pode ser quente. Elas tipicamente ficam diretamente nas suas costas e não permitem o ar circular, o que é problemático quando estiver pedalando em dias quentes.

– As mochilas de hidratação são susceptíveis a crescer mofo se não forem limpas regularmente. Especialmente se a pessoa carregar qualquer outra coisa que não seja água, como Gatorade ou outras bebidas esportivas, por exemplo, que contenham açúcar e possam acelerar a contaminação. Isso dá mais trabalho em manter a bolsa, a mangueira e a válvula da mochila limpas quando comparado à apenas enxaguar as garrafas plásticas.

Em relação as reclamações das mochilas de hidratação serem quentes, existem maneiras de contornar isso, é claro. Um dos métodos é colocar a bolsa (quase cheia) num freezer antes da pedalada. Então quando você estiver na bicicleta pedalando, a água dentro vai derreter gradualmente e manter você refrescado durante a pedalada. Ou você pode simplesmente jogar gelos dentro do líquido que for carregar e ajudar a manter ambos mais gelados com a mochila em suas costas.

Resumindo

É interessante usar ambas opções: caramanholas e mochilas de hidratação, dependendo da situação. Em geral, pedalar menos de uma hora, duas garrafas de água na bicicleta pode ser o suficiente. Se você tiver tendência a beber mais do que isso, levar uma mochila de hidratação pode ser o ideal.

Ficar sem água não é uma boa coisa, e é sempre melhor ficar com a escolha de carregar um peso extra ao invés de enfrentar a seca. Particularmente em dias muito quentes e em caminhos onde você não tenha certeza da disponibilidade de água para reabastecer.

Se você ficar com frequência com garrafas vazias no final das pedaladas, ou tiver que parar mais que uma vez para reabastecê-las, você deveria seriamente considerar as vantagens de uma mochila de hidratação.