Cicloturismo na Estrada dos Romeiros (SP)

157

Um roteiro clássico para os paulistas que estão iniciando na prática do Cicloturismo é percorrer a Estrada dos Romeiros (SP 312), saindo de Barueri, passando por Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Cabreúva e chegando em Itu. O percurso tem setenta quilômetros de distância. A estrada que acompanha o curso do Rio Tiête é segura para os ciclistas. Os moradores da região já estão acostumados com o alto tráfego de bicicletas e, em alguns trechos, a estrada possui até mesmo orientações de segurança para motoristas e ciclistas.

Planejando bem a viagem, da para programar uma parada em cada uma das cidades que a estrada atravessa.

Em Santana de Parnaíba, encontra-se o maior conjunto arquitetônico em taipa do Estado de São Paulo, com importantes imóveis remanescentes do período colonial.

A cidade de Pirapora do Bom Jesus é um santuário religioso que chega a atrair mais de três mil ciclistas-romeiros em alguns feriados religiosos. Este ritual que deu o nome a estrada faz valer uma parada para conhecer o famoso Santuário do Senhor Bom Jesus.

Na região de Cabreúva encontra-se o trecho mais calmo da estrada, decorado com uma exuberante beleza natural.

A chegada em Itu oferece ao cicloturista muitas opções de lazer e turismo, entre elas, os famosos e gigantes Orelhão e Semáforo de Itu, Museu Republicano e arquitetura sofisticada da época imperial, Cidade das Crianças, e o interessante monumento geológico no Parque do Varvito.

Para quem fez a viagem sem carro de apoio, a volta pode ser feita de ônibus que partem às 20h30 em direção a Barueri e São Paulo.

Quem tiver o interesse em fazer a viagem em dois dias, a estadia em Itu não será um problema, pois a cidade possui muitas pousadas que estão acostumadas a hospedar ciclistas em competições interestaduais.